top of page

Tipos de mancha na pele


Somos continuamente expostos a altos níveis de energia mutagênica, isso ocorre desde o primeiro minuto de vida fora do útero.


Radiações gama, raios UVA, UVB, luz azul, raio X, alfa, radiações com partículas, radiações eletromagnéticas, todas elas promovem, em diferentes graus, alguma alteração celular.

Os raios UVA, UVB e mais atualmente a radiação azul, são as emissões que mais contribuem para que ocorram alterações celulares a nível de epiderme.


Raios UVA e UVB tem como principal fonte a emissão da energia solar.

Os raios azuis têm como fontes principais os diodos emissores de luz (LEDs), lâmpadas de xênon- lâmpadas de baixo consumo e a radiação eletromagnética de telas; todas as “novas fontes de luz” criadas para melhorar e facilitar a nossa vida e que contêm uma proporção mais alta de luz azul do que as lâmpadas tradicionais.


A prevenção a distúrbios mutagênicos na pele deve ocorrer também desde quando nascemos.

Um sinal evidente que os cuidados com a pele não estão sendo adequados é o aparecimento de manchas. Indubitavelmente este é o primeiro “pedido de socorro” do organismo requerendo prevenção.


As manchas costumam aparecer nas regiões mais expostas às radiações. Toda alteração de tonalidade na pele deve ser considerada importante e a consulta com profissionais médicos-dermatologistas participantes da Sociedade Brasileira de dermatologia torna-se imperativo.


Listamos abaixo as manchas que aparecem mais frequentemente e tem origem por desordens dos melanócitos que são as células responsáveis pela coloração de nossa pele e pela defesa da mesma contra radiações UVA e UVB. Quando ocorre exposição a estas radiações os melanócitos tendem a produzir maior quantidade de melanina com o intuito de proteção, e neste ponto aparecem as manchas.


- Efélides ou sardas: manifestam-se na face de crianças ou jovens de pele, geralmente, muito clara após exposição em excesso ao sol.


- Melanoses ou manchas senis: são escuras, arredondadas e surgem com o passar dos anos no corpo devido a exposição prolongada ao sol. Essas manchas mostram o histórico de exposição solar ao longo da vida.


- Melasmas: normalmente surgem após a gravidez, uso de pílula ou exposição ao sol e acontece com maior probabilidade na região das maçãs do rosto, buço e testa. Pode aparecer em outros locais, como colo e braços, mas são casos mais raros. Em geral, surgem pela combinação da gestação ou uso de pílula com a exposição solar.


- Manchas de pós-acne: aparecem depois do processo inflamatório da acne. No início, são manchas avermelhadas que podem se tornar amarronzadas dependendo do grau de exposição ao sol.


- Ceratose seborreica: são lesões ásperas, escuras ou esbranquiçadas. Podem ocorrer na face, couro cabeludo, membros e tórax. Geralmente aparecem por uma combinação de falta de hidratação associado a exposição solar contínua.

Comments


bottom of page